Estudar idiomas no exterior – vale a pena?

Durante muito tempo dei aulas de inglês em cursos privados de idiomas. Uma dúvida recorrente dos alunos (e pais de alunos adolescentes) era se era válido viajar e estudar o idioma no país cuja língua-mãe é a estudada pelo aluno.

Primeiro quero ressaltar que estudei inglês toda minha vida sem fazer viagens internacionais, e inclusive dava aulas de inglês. E conheci várias pessoas que viveram a mesma situação. Então, na minha opinião, é preciso partir do seguinte pressuposto: não é condição para se aprender um idioma viajar para o lugar onde ele é falado. Claro que uma experiência dessas pode entusiasmar o estudante que não tem muita afinidade com o estudo de línguas, que é extremamente enriquecedor conhecer uma cultura diferente e hoje em dia intercâmbios contam no currículo (mesmo que seja só para estudar o idioma sem experiência de emprego). Mas a minha opinião é: viajar para estudar o idioma no país em que ele é a língua-mãe é um plus, um extra no seu currículo. Se você pode fazer este investimento, ótimo! Se não, pára de reclamar que nunca vai aprender e se dedica à língua (palavras de uma ex-professora).

Feitas as minhas considerações preliminares, vamos aos fatores a se levar em conta:

1- Tempo de estudo no Brasil.

Se você começou a estudar o idioma há pouco tempo considere esperar mais um pouco. Explico: não é interessante você fazer esse investimento para aprender coisas mais básicas, que qualquer curso no Brasil poderia te dar. O legal é você construir uma base no idioma e se aventurar num intercâmbio quando a linguagem do dia-a-dia estiver consolidada. É arriscado precisar um tempo certo, mas, de uma forma geral, alunos que já tem uns 2 anos de contato contínuo com o idioma (ou seja, se você já tá frequentando um curso ou estudando por conta própria – com certa regularidade – há 2 anos) costumam ter mais benefícios com a experiência. Isto porque eles têm mais chances de adquirir a tão sonhada fluência e aprender vocábulos mais avançados com nativos.

2- Tempo de estudo no exterior.

É complicado ter uma regra geral, mas sempre que me perguntam isso parto do seguinte pressuposto:

– Qual o seu grau de conhecimento no idioma?

Importante: procure alguém que tem condições de te responder essa pergunta sinceramente e é da área. Não vale o que você acha da sua performance no idioma, nem a opinião da sua mãe que sempre te acha gênio. Procure uma pessoa que domina o idioma e trabalha com ensino.

  • Se você ainda se enrola com as coisas mais básicas – prepare-se para um ano de estudos. E ainda poderá ser preciso estudar mais quando voltar ao Brasil.
  • Se você já consegue se comunicar nas situações do cotidiano – um ano de estudos, com dedicação, pode te trazer muitos benefícios.
  • Se você já consegue se comunicar confortavelmente no idioma, mas faltam palavras que não são de uso cotidiano – seis meses são mais que suficientes para você dar uma super turbinada no idioma.

3- Investimento.

País do intercâmbio, tipos de acomodação (casa de família ou alojamento) e combinação de trabalho com estudos podem fazer uma sensível diferença no orçamento de quem procura este tipo de viagem.

Para os que estão sem o famoso “tempo” (leia-se $$$$) há a possibilidade de tentar aprimorar o idioma sem estudo formal, apenas com uma experiência de trabalho no exterior. Nestes casos o aluno já deve ter um conhecimento muito bom do idioma para que a experiência seja válida sob o ponto de vista do estudo da língua. Periga o aluno sem domínio mínimo do idioma acabar em trabalhos que não exigem muita comunicação verbal e desenvolver só a “linguagem de rua”.

Pro fim, nunca é demais lembrar da importância de escolher escolas que tenham boas referências.

Boa viagem!

Anúncios

Uma resposta para “Estudar idiomas no exterior – vale a pena?

  1. Pingback: Blogagem Coletiva – 12 posts especiais de 2012. | naViagemcomCamila·

Que tal deixar sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s