Santiago (dia 5).

Buenos dias! Hoje estamos acabando o roteiro da capital chilena, gente. A “viagem” nem acabou e eu já estou com saudades. Então vamos curtir muito o último dia de Santiago? Vamo “simbora”!

Dia 5

Esse é um dia coringa, vou dar opções de coisas que ainda não mencionei, mas também pode ser um dia de encaixe de programações dos dias anteriores que não deu tempo de fazer. Por isso você vai ver aqui uma variedade grande de coisas a fazer.

Manhã

Museus

Há 2 museus bem diferentes que me chamaram atenção em Santiago. Você pode hoje fazer os 2, um na parte da manhã e outro à tarde, ou selecionar o que mais te interessa. Como meu namorado não é uma pessoa muito chegada à museus tive de escolher só 1 para ir, escolhi o de la Moda e fui pela manhã.

Museo de la Moda

Já falei sobre esse museu em um post (não viu? Clica aqui), só que antes era o que tinha ouvido falar. Como fiquei curiosa optei por conhecê-lo.

Os carros entrando na terra. Foto: naviagemcomCamila.

O museu é mais legal para as meninas, devo confessar. A exposição do momento era a Volver a los 80 e uma outra sobre Michael Jackson, além de uma parte de exposição permanente, sobre estilistas famosos. Há uma sala específica para alguns, outras mostram o estilo dos japoneses, dos franceses em uma década e assim vai. É interessante este pedaço, mas se você não é super ligado nestas coisas fica um pouco cansativo.

O guia de audio ajuda a você não se sentir perdido e sem rumo e dá umas explicações interessantes. Dentre elas gostei da que dava conta do uso das pavorosas ombreiras que povoaram os ombros das mulheres por um bom tempo. nos anos 80. As ombreiras viriam justamente para dar um aspecto mais reto e masculinizado às mulheres, ansiosas por adentrar no mercado de trabalho, antes quase que exclusivamente masculino. Era uma tentativa de se igualar aos homens.

Achei a de Michael sensacional. Tem aquelas famosas luvas dele, casacos e mais casacos de todo tipo e jeito. Me chamou atenção um que era todo (eu disse TODO) bordado em pérolas. Havia também uma roupa estilo um colan dourado que ele usou em uma de suas turnês, uns cintos imensos, sapatos… Uma infinidade de peças do rei do pop.

Todo de pérolas! Dá pra crer?!

O colan dourado do ‘homi’!

As luvitchas de Michael.

Já a parte do Volver a los 80 não me chamou tanta atenção assim. Tá, é engraçado ver as mangas bufantes, as cores e até objetos. Quem viveu aquela época meio que se teletransporta para aquele tempo, mas não chegou a me encher os olhos tanto quanto Michael.

Dica de amiga: se você não conheceu o Parque Bicentenário ainda, ele fica pertinho do museu, dá uma passada lá. É legal!

Chamou minha atenção: as roupas de Michael e a estória das ombreiras!

Nota: 7.

Museo Nacional de Historia Natural

Esse museu não fui, mas ouvi falar bastante dele. Dentre as coisas que ouvi está a história de um menininho que foi encontrado nos Andes congelado e provavelmente foi oferecido em sacrifício pelos mapuches. Dizem que eles não eram dessas coisas, mas sabe-se lá porque motivo deram o coitado do menino em sacrifício e seu corpo ficou intacto lá nos Andes até ser achado e levado ao museu. Lá também está um dos 3 (eu agora não me recordo se seriam 2 ou 3) moais dados de presente ao Chile continental pela Ilha de Páscoa. Lembra que comentei que um deles estava em Vinã del Mar? Há um outro neste museu.  Se você não teve a oportunidade de ir a Viña ou foi oe não viu, pode ver um legítimo moai em Santiago.

Informações: http://www.dibam.cl/historia_natural/

Tarde

Lembra que lá no dia 3 havíamos ido aos Andes e eu havia cantado a bola: baixa estação o passeio dura meio dia, alta o dia inteiro? Aí disse que se você fosse na baixa poderia à tarde ir à uma vinícola, se fosse na alta seria o dia todo, mas eu ia arrumar um tempinho para você ver a danada da vinícola? Pronto: aqui está seu tempo! Alguns passeios de vinícola (Concha Y Toro não é a única) duram meio dia e esse é o tempo para você fazer isso. Aproveite e tome vinho por mim! 🙂

Caso você já tenha feito esse passeio tenho duas outras programações pra “tu”: a praça da aviação e o sempre boa pedida Patio Bellavista.

Você pode se encaminhar ao Patio porque à noite vamos ficar por lá. A outra opção é conhecer uma praça que achei linda de morrer, gente! Pena que só a vi de relance, quando passava de táxi, ônibus, mas creio que ela vale uma parada. É a Plaza de la Aviacion.

Plaza de la Aviacion.

Esta praça tem um momunento que lembra um avião ou pássaro bem bonito, mas o que chama atenção é a fonte gigante de aguinhas. À noite a praça tem sua fonte de aguinhas dançantes iluminada, fica lindo! Vale a pena ver, gente.

Noite

Restaurante.

A capital chilena tem a fama de ter ótimos restaurantes. E você não pode ir embora sem experimentar um deles, né? Ouvi falar de vários, mas um deles é o mais comentado, sem dúvidas! É aquele restaurante de nome estranho, o Como Água para Chocolate, do qual já falei aqui.Fique a vontade para escolher qualquer um. Uma boa parte deles está no Bellavista, por isso recomendei que você já se encaminhasse para lá durante a tarde.

Bem, caso sua escolha seja a mesma que a minha, o Como Água, o lugar é maravilhoso e a comida também. Tudo muito caprichado e exótico. A sobremesa era divina! O preço não é super barato, mas é algo possível. Vale a pena.

Não dá para ver bem, mas é um fettuccine com molho de frutos do mar. Hummmmm. 😛

A sobremesa que escolhi levava o nome da casa: Como Água para Chocolate. É um tipo de bolo sorvete com 3 tipos de chocolate e isso em volta é um creme de frutas vermelhas. Delíciiiia!

Como gosto de ter opções vou dar uma outra pra meus leitores viajantes: há restaurantes tipo casa de show de danças típicas. Você paga um valor fixo, come à vontade e assiste à um show de danças chilenas típicas. Essa é outra opção que acho muito boa, já que amo dança. O valor, assim como no Como Água, não é dos mais convidativos, creio que inclusive seja mais caro, mas deve ser interessante. E lá você não paga só o valor da comida em si, uma vez que tem o show incluso. Como não fizemos este não posso opinar sobre a comida ou se vale a pena, mas vi que muitas pessoas faziam.

Amigos, aqui termina nosso passeio em Santiago. Espero que tenham gostado e as dicas sejam de alguma valia pra quem está se organizando para conhecer essa cidade linda, moderna e cheia de coisas diferentes!

Se você gostou, não gostou, tem dúvidas ou quer mandar uma sugestão é só deixar recadinho pra mim. Vou adorar!

Até a próxima viagem! 🙂

Atualização: perdeu os dias anteriores do roteiro? É só clicar nos links abaixo:

Santiago (dia 1)

Santiago (dia 2)

Santiago (dia 3)

Santiago – Viña e Valparaíso (dia 4).

Anúncios

2 Respostas para “Santiago (dia 5).

  1. Pingback: Museo de la Moda em Santiago. « naViagemcomCamila·

  2. Pingback: Santiago – Chile. « naViagemcomCamila·

Que tal deixar sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s