A saga dos adaptadores.

Anos atrás quando se viajava para o exterior o máximo que levávamos era a câmera. Aquela de rolo de filme, lembra? Hoje em dia há uma parafernalha tecnológica sem a qual não sobrevivemos mais: câmera digital, laptop, celular, mp3, tablet… É tanta tralha que facilita nossa vida que fica difícil abrir mão dela mesmo quando vamos relaxar viajando.

Até aí tá tudo ótimo, são só mais algumas coisinhas na mala, elas serão úteis (é o que sempre achamos). O problema está no fato de que quase tudo isso precisa de energia elétrica para funcionar e ai entram eles – os famigerados adaptadores!

Para os que nunca saíram do Brasil: quando se faz viagens internacionais é preciso verificar se o país usa os mesmos modelos de tomada que os nossos, o que provavelmente não acontecerá.

Gente, eu ainda não desvendei uma forma de resolver esse impasse. Você leva tudo que acha que será necessário, afinal uma câmera digital precisa da bateria, e quando chega no destino todas as tomadas são diferentes. Aí você fica na paranóia de arrumar um danado de um adaptador. Pergunta no hotel e muitas vezes eles não têm. E se eles tiverem será uma pequena fortuna! Vai em busca da lojinha mais próxima do hotel para encontrar um. Até você desenrolar o processo já foi um bom tempo.

Esse é um tema que muito me revolta, viu?! Sempre tento driblar esse problema, mas parece não haver solução. O que mais deu resultado para mim foi conferir com os amigos que já foram para aquele lugar se eles tinham comprado e trazido o adaptador.

Andei procurando na net e vi que há uns kits de adaptadores. Mas olhei os modelos e tem lugares que fui e não é nenhum daqueles dos kits! Parece não ter jeito: você tem que reservar um tempinho da viagem pra procurar a peste (em nordestinês peste é uma espécie de xingamento) do adaptador!

Devia haver uma normatização internacional sobre tomadas. Sério: é um saco sair atrás disso! Você chega no lugar, doido pra conhecer, passear, se divertir e lá vai se preocupar com a porqueira do adaptador? Ninguém mereceee!

Achei essa imagem que ilustra alguns países e seus padrões de tomada:

Foto: embaixadorstb.com.br

Para mais padrões acessa esse link: http://electricaloutlet.org/

E você? Tem alguma dica sobre como se livrar da busca pelos adaptadores? Manda pra mim que vou te dar um prêmio: você vai entrar pro meu rol de gênios da humanidade! Me conta que eu vou amar saber!

Anúncios

5 Respostas para “A saga dos adaptadores.

  1. Olha Camila, na minha última viagem li sobre um adaptador universal na revista de bordo, tinha até pensado em postar à respeito pq tb achei super útil para viagens. Vou dar uma fuçada na revista e ver se encontro esse adapatador e se é isso tudo mesmo, aí te mando ! 😉
    Bjss !!

Que tal deixar sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s