Conhecendo Londres: Wembley e Freud’s Museum (parte 8).

Jogos Olímpicos acabaram deixando saudades de Londres. Li que deu maior bafafá a aparição das super top models britânicas na cerimônia de encerramento, mas eu amei a festa como um todo. Fiquei morrendo de vontade de estar lá e curtir aquela cidade novamente. Foi muito linda a festa e vai ser uma difícil tarefa para o Rio superar o que foi Londres 2012. Mas vamos ao que interessa que esse blog é sobre viagens e não sobre esportes e olimpíadas. Vamos passear mais por London? Simbora!

Falando em passear… Já fizemos isso um monte em Londres. Não viu? Lááá embaixo no post tem o link pra todos os lugares que já falamos por aqui. Hoje é dia de programas para públicos mais específicos:

20) Freud’s Museum

As plaquinhas mostram: aqui viveram Freud e sua filha Ana Freud. =)

Em Londres fica a casa onde Freud passou os últimos anos de sua vida. Lá estão objetos bem famosos, como o divã e os óculos do pai da psicanálise. A rua é bem calminha e todas as casinhas são iguais. Uma das coisas legais desta visitinha foi ver como são aquelas casinha de filmes por dentro, sabe? A coisa mais linda do mundo, super aconchegantes e charmosas. A parte debaixo é lindinha com um quintal super bonito, a parte de cima tinha uma espécie de janelão no meio da escada, mais parecendo um cantinho de leitura. Este foi meu canto favorito da casa, dava vontade de morar lá só pra curtir aquele janelão.

Muito embora o que mais me chamou atenção foi a construção em si, para os apaixonados pela psicanálise a visita fica ainda mais interessante. Ainda na parte debaixo está uma réplica do que seria o consultório/escritório de Freud em Viena. É preciso lembrar que Freud sempre viveu em Viena, mas com a Guerra teve de se refugiar, depois de muita resistência de sua parte, em Londres e deixar sua casa onde escreveu seus livros e fez todas as descobertas tão importantes para a psicologia. Aí tentarão recriar o escritório dele, com seus objetos e tudo mais. O cara gostava de juntar mais cacareco que eu, viu? Tem um monte destes objetos por lá. Há vídeos também que contam a história de Sigmund e sua família e há uma ênfase não só na sua figura, mas na de sua filha Ana Freud, que ficou famosa por continuar o caminho do pai estudando as crianças. Foi ela quem desenvolveu a psicanálise infantil.

A entrada da casa/museu. Foto: BU294194_429long

Chamou minha atenção: o divã velhinho, velhinho, a quantidade de objetos que tem no escritório dele, o janelão da casa de Freud e a casa em si.

Nota: 8.

Informações práticas: http://www.freud.org.uk/

Horário de visitação: de quarta à domingo das 12 às 17 horas.

Valor da entrada: £ 6 (adulto)

Estação de metrô: Finchley Road

Tempo de visita: par ver tudo com calminha leva em torno de 1 hora e meia, mas para dar só aquele hi! em 30 minutos você consegue ver a casa.

21) Wembley

É o Estádio de futebol mais conhecido do lugar. Para os aficionados pelo esporte é uma visita que vale a pena. É meio longe dos pontos mais turísticos da cidade, tire uma manhã ou tarde inteira para ver.

Eu e meu namorado tentamos conhecer o lugar, mas não deu tempo. Legal que no caminho (de metrô fica algumas estações depois da que você desce para ver a Casa de Freud) fomos vendo as torcidas brincando no metrô cantando aquelas musiquinhas para irritarem os adversários, era dia de jogo! Só que tudo na maior paz, mas com o mesmo barulho que tem aqui no Brasil quando é dia de jogo.

Para quem viu o filme O Discurso do Rei, que ganhou oscar e tudo, esse é o estádio em que o rei tenta discursar e não consegue. Ou seja, o lugar tem história para contar. Ah, para os que compram londonpass (o que é isso?) a visita ao estádio está inclusa.

Informações práticas: http://wembleystadium.com/

Estou chegando quase ao fim da listinha de lugares que queria  mostrar aos amigos leitores do blog, mas aguardem que ainda tem mais!

Quer ver os lugares que já falamos? Clica aí embaixo, negão!

Conhecendo Londres: Westminster, Parlamento e London Eye (parte 1).

Conhecendo Londres: Trafalgar Square, The Mall e Buckingham Palace (parte 2).

Conhecendo Londres: Hyde Park e Harrods (parte 3).

Conhecendo Londres: Windsor Castle (parte 4).

Conhecendo Londres: The Tower, Tower Bridge e Globe Theatre (parte 5).

Conhecendo Londres: Greenwich, Saint Paul’s cathedral e Pub inglês (parte 6).

Conhecendo Londres: Madame Tussauds e Sherlock Holmes Museum (parte 7).

Beijos e até a próxima.

Anúncios

Que tal deixar sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s