Encantos de Paris: Palácio de Versailles

Nossa série de encantos de Paris está de volta! E em grande estilo, hoje é o dia de conhecermos o Palácio de Versailles! Com direito a visita meia boca, lustres lindíssimos, camas exóticas, atrapalhos intestinais e tudo! Como essa mistura é possível?! Vem comigo que te conto tudinho!

Palácio de Versailles

O Palácio de Versailles e (um pedacinho de) toda sua exuberância. Foto: naViagemcomCamila.

Como chegar em Versailles por conta própria.

Primeiro alerta: cuidado com esse trajeto! Eu fui de trem e creio que seja a forma mais barata de chegar lá. Só tem uma questão: esse trajeto NÃO FAZ PARTE DA REDE DE METRÔ NORMAL DE PARIS. O que significa que você tem de comprar novo bilhete para chegar lá. Aquela tripinha, que é o tíquete do metrô de Paris, não serve.

Chamo atenção de vocês porque já conversei com pessoas que achavam que não precisava de novo bilhete, seria uma continuação do metrô, foram paradas pelos fiscais e passaram a maior saia justa. Portanto fique atento: vai haver um momento em que você tem de comprar o bilhete desse trem.

Você vai de metrô até a estação Invalides. Lá você vai pegar o trem para Versailles. A linha é a RER C. O bilhete custava, em fevereiro de 2012, 6,50 € ida e volta.  

Demora um pouquinho para chegar, afinal o palácio está fora de Paris, mas creio que em 40 minutinhos você chegou ao palácio mais badalado das redondezas.

O Palácio

Grade Versailles

A vista de dentro do Palácio das grades e do portão dourados. Ofusca os olhos de ver tanto dourado. Luxo é pouco, né? Foto: naViagemcomCamila.

O palácio já chama atenção de longe. Primeiro você vê aqueles grades e portão dourados. Depois que o seu olho já se adaptou ao brilho do dourado você percebe que por trás do portão, na fachada do palácio lá no alto, no telhado, há mais dourado. É muita riqueza, mermão!

Creio que o fato de estar lá no inverno fazia reluzir ainda mais o ouro da entrada do palácio. Dentro há salas e mais salas. Creio que seja preciso umas 4 horas para ver tudo, mas não é por causa das salas. É porque não é só o palácio que faz parte do conjunto arquitetônico: tem os jardins (que são imensos, por sinal), o Grand Trianon e a casa de Maria Antonieta.

O conjunto do Chateau de Versailles (o nome francês do babado) continua encantado para mim porque não deu para ver tudo. Consegui ver muito rapidinho o palácio. Confesso, entretanto, que minha maior curiosidade nem era o palácio em si, mas a casa de Maria Antonieta e os jardins. Essa casa, tipo casa de campo de Maria Antonieta, nas fotos é algo surreal, parece saído de contos de fadas. Maaaas, havia problemas gastronômicos no meio do caminho.

Meu namorado se sentiu muito mal e fraco depois de uma noite de rei (se é que vocês me entendem) e quando fomos à Versailles ele não aguentou. Estava bastante frio, afinal era inverno, e mal chegamos lá ele disse que ia embora. Ia pegar todo aquele trem de volta para Paris. Na hora combinamos que eu ficaria e ele voltaria pro hotel. Ele começou o caminho de volta e eu dei uma rápida olhada no palácio. Fiquei com medo de ele ter um piripaque no trem e resolvi voltar também para cuidar dele. Resultado: não vi a casinha de Maria Antonieta e os jardins só deu para ver das janelas do palácio.

Se você que lê esse post esteve na casa de Maria Antonieta me conte se realmente é tudo aquilo ou se não perdi muita coisa. 😉

Voltei da Inglaterra encantada com Windsor. Daí Versailles não foi aquele deslumbre para mim. Não quero dizer que é feio ou sem charme, mas eu já devia estar meio ‘anestesiada’  e daí não foi aquele efeito ‘ohhhh’ de-boca-aberta-babando pelo palácio. Outra hipótese é que eu estava preocupada com meu namorado voltando  fraco e sozinho para Paris e por isso não consegui curtir o lugar.

estátuas Versailles

O vão onde encontrei minha amiga Joana d’Arc. Foto: naViagemcomCamila.

Dentro há um vão com estátuas de personalidades. Não achei muita graça, mas provavelmente porque não conhecia a maioria delas. Só encontrei de “conhecida” Joana d’Arc (té parece que sou amiga da ‘mulé’, né?). Há também uma capela bem bonita, que de capela só tem o nome, porque é grande, viu?

Os lugares que mais me chamaram atenção foram o salão dos espelhos e a cama de Luisinho XIV. Menino, tem uns lustres podres de chique caindo do teto nesse salão dos espelhos, que coisa linda!!! E desse salão as janelas dão pros jardins do castelo, que nessa época, inverno, nem deviam estar no auge de sua beleza, mas achei a vista sensacional. Já a cama de Luisinho, que dormia em quarto separado da mulher, é meio bizarra e talvez por isso tenha me chamado tanta atenção.

lustres salão Versailles

Os lustres do salão pelo qual me apaixonei. Além deles há espelho belíssimos e janelões que dão para os jardins do palácio. Foto: naViagemcomCamila.

Cama Luís XVI

Os aposentos de Luisinho XIV, que se entitulava o Rei Sol. Essa cabaninha era a cama dele. Foto: naViagemcomCamila.

Ingressos

Tem como comprar os tíquetes antes na internet ou lá na hora. Sugiro a compra na net se você tá com as datas planejadas já (tem que dizer na hora da compra para que dia é aquele bilhete) porque vez por outra tem desconto. Fora o fato de evitar fila de comprar.

Outro detalhezinho:bilhetes diferentes para conhecer só o palácio, os jardins, a casa de Maria Antonieta… E uns combos que juntam várias atrações. Cuidado na hora de comprar para não deixar de fora algo que você queria ver, fechado?

Para mais informações sobre a visita, preços e tudo mais vai em: http://en.chateauversailles.fr/homepage

O que tá pertinho daqui, Camila?

Perto mesmo nada! Agora os pontos turísticos que estão no caminho de Versailles:

  • Torre Eiffel
  • Hotel des Invalides

E aí, que você achou de Versailles? Conta para mim nos comentários e ajude as pessoas que buscam informações sobre esse lugar. 😉

Para outros encantos da Cidade Luz:

Encantos de Paris: Ponte Alexandre III.

Encantos de Paris: Notre Dame e Saint Chapelle.

Encantos de Paris: Praça da Bastilha.

Encantos de Paris: Moulin Rouge.

Encantos de Paris: Torre Eiffel.

Encantos de Paris: Les Invalides.

Encantos de Paris: Louvre.

Encantos de Paris: Place Concorde e Jardin Tuileries.

Anúncios

7 Respostas para “Encantos de Paris: Palácio de Versailles

  1. Pingback: Encantos de Paris: Musée D’Orsay. | naViagemcomCamila·

  2. Pingback: Encantos de Paris: Place des Vosges. | naViagemcomCamila·

  3. Pingback: La Belle Paris! | naViagemcomCamila·

  4. Pingback: Encantos de Paris: Montmartre e Sacre Coeur. | naViagemcomCamila·

  5. Pingback: Encantos de Paris: Champs Élysées e Arco do Triunfo. | naViagemcomCamila·

Que tal deixar sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s