Vai viajar so-zi-nha?!?!

Umas semanas atrás liguei para minha amiga e dei a notícia:

– Vou pra São Luís! Não é o máximo?!

Ela gostou. Toda empolgada, me encheu de perguntas: quando ia, como ia, quantos dias, com quem ia… À ultima pergunta respondi:

– Sozinha.

O espanto da minha amiga foi instantâneo e também a vontade de me consolar: “eu ia com você, por que não me ligou?” e lá vinha uma bronca de amiga que ficou chateada por não ter sido solicitada num momento difícil. “Você vai SO-ZI-NHA? É muita coragem!”, foi a sentença dela.

Oi?! Difícil?! Coragem?!Comassim?!

Era como se ela estivesse indignada por eu não ter chamado ela para viajar  (tipo amiga protetora), já que queria viajar e iria sozinha, o que seria uma situação difícil na cabeça dela, que iria requerer muita coragem de minha parte.

Minha reação foi rir! E eu ri muito. Disse pra ela ficar tranquila que eu estava super feliz (lembra da minha frase: “não é o máximo?!”) e era uma escolha ir só. Podia ter chamado ela e se ela fosse seria muito legal também, mas eu ia só mesmo.

Embarquei sozinha para São Luís do Maranhão achando graça do pensamento da minha amiga. Pensei: ela é super tradicional, bem meiga, romântica, por isso que pensa assim. Mas só minha amiga pensa assim . E pousei linda e loira me terras maranhenses.

Entrei no táxi e… Puxei papo com o taxista. Adooro puxar um papo. Aí conversa vai e conversa vem ele pergunta quanto tempo eu ia ficar em Saint Louis (como apelidei a cidade), afinal queria garantir a corrida da volta. E pergunta se eu vim à trabalho para Saint Louis. Eu disse que não, vinha passear mesmo. Aí ele: – sozinha?

É, sozinha, seu moço – e dei aquele risinho.

Aí o cara desatou a falar que não gostava de fazer nada sozinho, que tudo ele faz com a mulher e que isso e aquilo… No final da corrida me desejou boa sorte.

Outro sinal, né? Já eram 2: minha amiga e o moço do táxi. Mas não me abalei e fui fazer meus passeios.

E lá fui fazer os passeios, alguns fazia por conta mesmo, outros contratava excursão. E em excursão sempre tem aqueles “amigos” que você faz ao longo do passeio. Lá estou eu em pleno Lençóis Maranhenses, a subir e descer dunas lindas, paisagens maravilhosas. No passeio todos estavam em casal ou grupos de 2 ou 3 pessoas. Puxei papo com um casal. Eles fizeram a fatídica pergunta quando descobriram que eu não estava viajando à trabalho: sozinha?

Foto: electricnerve/Flickr.

Foto: electricnerve/Flickr.

Aí peraê! Parou tudo! Minha amiga não era a única a me achar super estranha, corajosa e louca ao mesmo tempo. Quase todas as pessoas que lá cruzaram meu caminho tiveram o mesmo espanto ao saber que eu não estava ali à trabalho, eu havia viajado para me divertir é… isso mesmo: sozinha, queridão!

Voltei e fiquei matutando sobre o assunto…

Não pode se divertir sozinha? Tinha a ver com o fato de eu ser mulher ou com o fato de ser um ser humano fazendo algo sozinho? Me pareceu que tem a ver com o fato de ser uma mulher fazendo coisas sozinha. Vou assumir essa hipótese como verdadeira, fechado? Mas se for a ditadura da felicidade acompanhada (independente da questão sexista) também tão valendo as minhas considerações. Eis elas:

Gente, que pensamento é esse que mulher só pode viver, se divertir, se estiver ao lado de alguém (seja homem ou não)? Tem de ter um namorando, amiga, parente, etc… ‘encangado’, como se diz aqui na minha terra, para poder viver? É isso que entendi, produção?!

Percebi que, aos que não choca o fato de mulher viajar sozinha, o sentimento era de que eu era uma libertária, tipo aquelas que queimando sutiã ou lutando contra a ditadura, e/ou digna de pena, afinal estava s-ó! Fiquei feliz de parecer ser meio revolucionária e , ao mesmo tempo, triste pela forma como era vista.

É insano pensar que, ainda hoje, o senso comum (não digo que todos pensem assim) vê a mulher como um ser incapaz, que não sabe fazer escolhas, que ‘é presa fácil pros homens’, que é tão vulnerável que precisa de um tutor, curador, seja ele um homem (provavelmente a opção ideal) ou outra mulher (mais vale 2 cabeças de ventos juntas que 1 sozinha) para viver sua vida. Pior: que a mulher precisa de alguém para ser feliz.

Ok, todos nós sabemos que nada como uma metade da laranja, que fazer coisas acompanhado de alguém que gostamos é massa, etc e tal. Sei de tudo isso, mas essa constatação não apaga minha dúvida: essa é a única forma de ser e estar feliz, bem com sua vida???

Mulheres já conquistaram um monte de coisas. Mulher pode trabalhar, pode fazer as coisas da vida prática sozinha, pode morar só, pode ter responsabilidades e aguentar casa, filhos, mercado de trabalho só. As responsabilidades já estão todas distribuídas igualmente entre homens e mulheres.

Os prazeres não. Para mim estava bem claro e tranquilo: eu sou um ser humano que gosta da cia de pessoas, mas que também gosta de estar e se divertir só. Parece que para a maioria isso ainda não é permitido às mulheres…

Se divertir, não! Mulher só se diverte em bando ou na cia de um homem. E isso inclui não só o ato de viajar. Tem um monte de prazeres nessa pacote que nos são negados, como a liberdade sobre nosso próprio corpo, para citar só 1 deles. Quantas meninas são rotuladas de galinha porque saem pegando geral, porque transam na primeira noite, porque não negam seus desejos e os atendem sem pudor?

E aí, mulherada??? O cenário que vivemos é esse. Faço uma convocação a vocês: vamos correr atrás da nossa felicidade. Esteja ela onde estiver e seja ela como for, tenha que cor, sexo, sabor, som, cheiro tiver.

Uma das minhas felicidades é viajar. E gosto viajar de tanto jeito diferente: com amigos, com meu namorado, à trabalho, em família…   Inclusive posso (e também gosto) de viajar sozinha!

Anúncios

4 Respostas para “Vai viajar so-zi-nha?!?!

  1. Pingback: Viva os 2 anos do blog! | naViagemcomCamila·

  2. Pingback: Blogagem Coletiva: Onze Vezes Três. | naViagemcomCamila·

  3. Ai Camila, tb sou doida pra fazer uma viagem sozinha… acho que é diferente pelo fato de q vc fica mais aberta à conhecer pessoas novas, acho q é um sentimento diferente de quando vamos acompanhadas, né ?

    Bjsss !!!

Que tal deixar sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s