O espetáculo dos Lençóis Maranhenses

lençóis maranhenses

O encanto da natureza que caprichou muito nesse pedacinho do Brasil. Foto: naViagemcomCamila.

Eu já estava paquerando com os lençóis há um bom tempo e acabou calhando de conseguir uma passagem baratinha para São Luís. Nem imaginava que daria para ir aos lençóis, estava bem conformada (e contente!) de conhecer Saint Louis, como apelidei a cidade. Aí fuçando a net descubro que havia um passeio bate-volta para O Lugar. Era um pouco apertado, seriam umas 5 horas de viagem na ida e mais umas 5 na volta, mas eu finalmente ia conhecer um dos meus sonhos de consumo de viagem no Brasil! Iupiii!

O lugar é extraordinário!

Queria não ser aquela escritora chata que fica enchendo o texto de tanto adjetivo que parece fake, que só olha as qualidades e fica elogiando o lugar. É um saco, quem só fica enchendo a bola do lugar, né?! Juro que queria não ser essa pessoa. Mas com os lençóis não dá! Qualquer elogio à beleza natural daquele lugar é pouco:

Os lençóis são lindos, de uma cor inacreditável, dão uma sensação de paz incrível, a água que brota dos lençóis freáticos e se acumula com as chuvas é cristalina, tem uma energia diferente. É mágico!

Eu poderia facilitar meu serviço, já que não quero ser a chata que fica elogiando tudo, usando o seguinte argumento: “a beleza é indescritível, por isso deixo as fotos para vocês conferirem com seus próprios olhos“. Pfff… Balela! Não dá porque minhas fotos não são as melhores do universo, mas NEM NAS MELHORES do universo consegui ver metade da beleza que vi ao vivo.

lençóis maranhenses

As lagoas que aparecem no meio das dunas e deixam a gente sem palavras… Foto: naViagemcomCamila.

Tem um monte de lugares que a gente visita e acha bonitos, mas antes, pelas fotos, já dava para ter uma noção da beleza deles, do que a gente ia encontrar. Os lençóis não são um lugar desse tipo. Por melhor fotógrafo que você seja nunca vai conseguir capturar nas lentes de uma câmera aquele lugar. É muito belo!

(E já comecei a encher o texto de elogios.) Portanto ficou difícil escrever sobre o lugar sem ser clichê, me ferrei… Vou tentar descrever como é o passeio sem muitos adjetivos, prometo!

O passeio

Quando você está em Barreirinhas, uma das cidades que dá acesso ao Parque dos Lençóis, uma toyota te pega. Primeiro é feita uma parada estratégica num supermercado para comprar suprimentos (água, lanche, etc e tal).

lençóis maranhenses

O leito do Rio Preguiças que dá acesso ao Parque dos Lençóis. Fotos: naViagemcomCamila.

Depois a toyota atravessa o rio Preguiças numa balsa e começa um percurso de uns 40 minutos até o ‘pé’ das dunas do Parque. Nesse percurso o carro atravessa algo como umas poças d’água que se formam. A água é de uma cor avermelhada. A graça é passar pela água e molhar os pés nessas poças gigantes. Todo mundo, inclusive eu que sou besta, adooora a emoção da toyota mergulhar nas poças.

lençóis maranhenses

Olha nós mergulhando nas poças de água vermelha rumo aos lençóis. Foto: naViagemcomCamila.

lençóis maranhenses

A toyota entrando na água e fazendo a alegria dos turistas. Foto: naViagemcomCamila.

Chegando no Parque abandonamos o carro e vamos com nosso guia, o meu escutava reggae como bom maranhense (Well Max, era o nome do cantor que ele ficou escutando durante todo o passeio), rumo às lagoas à pé. Quem for fraco das pernas vai ter dificuldades, porque a caminhada é de subidas e descidas e dura umas 2 horas, no total. Claro que há paradas para curtir algumas lagoas, para lanche, mas anda viu, neguinho?

lençóis maranhenses

Fiquei encantada com a grandiosidade da natureza: as lagoas são imensas e tem cores lindas!

O meu guia (aquele que não parava de escutar Well Max) dizia sempre o nome das lagoas e eu fiquei achando que era estória dele, que ele inventava os nomes porque elas eram tão parecidas. Mas ele jurou que sabia sim! Que elas mudam de forma todo ano, mas sempre se formam nos mesmos lugares e assim ele sabia qual era essa e aquela. E lá fomos nós pela esmeralda, pela do toyoteiro (a minha favorita!) e por tantas outras.

O ponto mais longe que a caminhada nos leva é o oásis.

lençóis maranhenses

Fotos: naViagemcomCamila.

O oásis é uma formação que não seca, diferente das lagoas formadas pelos lençóis. Lá tem vegetação e peixinhos. A lagoa é bem gostosa e foi o lugar que dá mais tempo de curtir. Todos que estávamos no passeio foram unânimes: não era a lagoa mais bonita. Seria melhor ficar mais tempo nas outras, de águas cristalinas formando cores que só vendo ao vivo para crer.

lençóis maranhenses

Reparem na cor dessa água! Sensacional!

Na volta fizemos um caminho diferente passeando por outras lagoas, todas lindas. E perto do fim a lagoa que mais gostei – a lagoa do toyoteiro. Ela estava pequena (talvez fique maior com as chuvas) mas a água tinha um cor incrível. Larguei meu guia uns minutinhos para dar um mergulho nela e me despedir daquele lugar incrível.

Espero voltar lá em breve…

Como chegar?

Há vária formas, mas creio que a mais simples é pela cidade de Barreirinhas.

Você pode se hospedar nessa cidade ou fazer que nem eu, que fiz o passei bate-volta lençóis. Não digo que o passeio é a melhor opção, ele saí de São Luís às 5 da matina e chega por volta de 20 horas. Desse tempo cerca de 4 horas apenas são realmente o passeio dos lençóis. Mas a má notícia é que mesmo que você vá para barreirinhas e fique lá hospedado o tempo que você passa nos lençóis é exatamente o mesmo.

A diferença é que estando hospedado lá em Barreirinhas você pode fazer outros tantos passeios que listo lá embaixo e pode, num desses passeios ver outra parte dos lençóis.

Quanto tempo ficar?

Você já sabem que eu fiquei apenas o dia lá. Mas eu recomendo uns 4 dias em Barreirinhas para curtir mais passeios. A maioria deles dura todo o dia, saem cedinho, tipo umas 8 da matina e só voltam lá pras 15h.

Possíveis passeios estando em Barreirinhas:

  • Casa de Farinha
  • Rio Preguiças (dura o dia todo)
  • Pequenos lençóis e Praia do Caburé.
  • Bóia Cross (descer um rio numas bóias gigantes, ai que delícia só de pensar…)
lençóis maranhenses

O aconchego do hotel para descansar depois do passeio, tomar um banho e curtir Barreirinhas. Foto: naViagemcomCamila

O meu passeio custou R$150,00 reais. Ele incluía o transporte de São Luís para Barreirinhas e o passeio. Na volta do passeio essa empresa deixa a gente num hotel, porque o ônibus só volta para São Luís umas 17h. Fiquei no Hotel do Buriti. Tinha acesso à piscina, área de lazer, chuveiro para tomar banho. O lugar é bem agradável e foi providencial descansar, tomar banho para depois ir bater perna às margens do Rio Preguiças e almoçar com aquela bela vista antes de voltar para Saint Loius.

Fiz cotação em várias empresas, todas variavam entre R$120 e R$ 160,00, mas achei que esse diferencial de ter um ponto de apoio, no caso a pousada, foi uma sacada excelente deles.

Para as pessoas que pegaram a toyota já em Barreirinhas o passeio dos lençóis custou R$ 60,00.

barreirinhas

A orla de Barreirinhas. Tem restaurantes, uma bela vista do Rio Preguiças e uma feirinha de artesanato bem legal. Foto: naViagemcomCamila.

Para continuar se encantando com o Maranhão…

São Luís do Maranhão

Huummm… As comidinhas maranhenses

 O que São Luís tem para te mostrar

Lençóis, o lugar que ganhou um título de melhor destino

Anúncios

3 Respostas para “O espetáculo dos Lençóis Maranhenses

  1. Pingback: Viva os 2 anos do blog! | naViagemcomCamila·

  2. Pingback: São Luís do Maranhão. | naViagemcomCamila·

  3. Pingback: Alcântara (Maranhão) | naViagemcomCamila·

Que tal deixar sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s