Cultura francesa: La Galette des Rois e sua chance de virar rei por um dia.

Uma das coisas que mais me instiga em conhecer um lugar é descobrir os hábitos, a cultura do povo. E adoro ir para lugares totalmente diferentes da minha terra natal justamente para ver esse contraste. Faz pouco tempo que cheguei na França e parece que cheguei numa boa época: é tempo de festa aqui.

galette

Uma galette e sua coroa para festejar a tradição francesa. Foto: naViagemcomCamila.

Comecei meu curso de francês e no primeiro dia a professora já propôs: vamos fazer uma tradição desta época do ano na França, a Galette des Rois. Já me animei, né? Foi ritual, tradição, coisa diferente da minha cultura eu sempre topo!

Esse aqui ainda mais: se você (como eu) não nasceu na realeza de berço, o destino pode te fazer rei por um dia. Quer tentar a sorte? Então, bora lá com a Galette des Rois.

La Galette de Rois

A Galette des Rois é uma tradição aqui na França que tem a ver com a Festa de Reis, uma data religiosa. Eu tinha visto os anúncios de uma espécie de torta e umas coroas nas boulangeries, no metrô, no mercado, mas não entendo bem francês ainda. Aí ficava voando.

galette

Já que não nasci na realeza, vamos tentar virar rainha de outra forma: a galette des rois. A tradição aqui na França é que quem tiver o pedaço de bolo premiado vira rei/rainha e usa essa coroa. E aí, acham que tive sorte e virei rainha? Foto: naViagemcomCamila.

Os franceses costumam comprar uma comida, a galette, para um rei durante todo o mês de janeiro. Na verdade, essa galette é uma massa folheada grande que tem um frangipage como recheio e não me perguntem o que é um frangipage. Só sei dizer que achei ela bem gostosa.

Maaaas, além da frangipage tem um ‘fève’ na galette. ‘Fève’ seria um feijão, numa tradução literal. Atualmente não se usa o feijão, mas um objeto duro, geralmente feito de plástico ou porcelana, algum bibelô, para representar a ‘fève’.  Tem gente que até coleciona fèves de galettes. “E por que tem um troço duro no meio da galette?” – você me pergunta.

A-ha! Aí que está a jogada: a família ou os amigos se reunem e partem a galette na quantidade de pessoas que vão comê-la mais 1 pedaço. O mais jovem da mesa vai para debaixo dela (isso mesmo, debaixo da mesa) e escolhe para quem vai cada pedaço sem vê-lo. Tudo isso pra garantir que será um processo imparcial. Que processo? O de escolha do rei, oras!

galette

A coroa da galette e lá atrás a cidra para fazer tudo como manda o figurino da tradição. 😉 Foto: naViagemcomCamila.

Inclusive a galette é vendida com uma coroa. Aí pedaços distribuídos são comidos por todos ao mesmo tempo. E… Quem pegar o pedaço com a fève é o rei!

Só que ser rei tem lá suas desvantagens: diz a tradição que o rei/rainha tem de comprar uma outra galette para todos. 😦

Agora essa é para os bastante atentos: eu disse que são partidos quantos pedaços? Pois é. O número de pessoas na mesa e +1. Esse um pedaço é para uma pessoa pobre ou qualquer um que esteja passando na hora.

Ah, em tempo: hoje foi a festa da galette na escola de francês e eu não fui rainha. 😦 Não foi dessa vez, meu povo! Como elas vão estar por aí até o fim de janeiro vou comprar galettes até chegar minha vez. kakakakaka.

Anúncios

Uma resposta para “Cultura francesa: La Galette des Rois e sua chance de virar rei por um dia.

  1. Pingback: Culinária francesa: A raclette | naViagemcomCamila·

Que tal deixar sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s