Guia de bares e restaurantes em Recife: japonês, frutos do mar e cozinha contemporânea.

Gente do céu! Há tempos que me pediam para escrever sobre lugares para se comer em Recife e eu sempre relutava. Primeiro porque não acho meu paladar dos melhores (sou chata para comida e não entendo muito do assunto), segundo porque é tanto do lugar que fica complicado escrever.

Virou o ano e antes que eu esqueça dos lugares, outros surjam (afinal me mudei para Paris), resolvi colocar a mão na massa e deixar umas dicas para quem vai visitar Recife e não tem idéia (não concordo com a reforma ortográfica e escrevo com acento 😛 )de onde comer.

Pensando em dicas, nomes de lugares para quem não conhece a cidade e sem a obrigação de ser juri de gastronomia me sinto mais à vontade pra falar escrever sobre o assunto. Aí, pronto! Fiz o Guia. 8)

A minha pedida no Tapa de Cuadril: um rizoto com uma carne de caneiro, talvez. Não lembro. Foto: naViagemcomCamila.

A minha pedida no Tapa de Cuadril: um rizoto. Foto: naViagemcomCamila.

Como são muuuitos lugares e algumas categorias vamos fazer 2 posts com lugares para você provar dos sabores recifenses. Ah, sempre lembrando que ali do ladinho está Olinda, que também tem muito lugar interessante, mas que não conheço tão bem assim, por isso resolvi não colocar na lista, tá?

Nesse post: cozinha japonesa, frutos do mar e cozinha contemporânea.

Próximo post: bares, lanchonetes, massas e as (maravilhosas) comidas típicas.

Japonês

O mais badalado da cidade é o Zen. O lugar é o queridinho de todos. Com um preço aceitável e com um cardápio maravilhoso ele é o melhor custo benefício da cidade. Tem 2 endereços: um na zona norte e outro na zona sul (já lá em Piedade). A casa lota cedo, por isso esteja preparado para uma fila.

Minha nota: 9

Faixa de preço: 40,00 reais o rodízio.

Tem ainda um que, segundo os profundos entendedores de culinária japonesa, é O lugar: Quina do Futuro. O preço é mais salgado que o Zen e não serve rodízio. Eu lá estive apenas 1 vez e tenho de confessar pra vocês que não achei nada demais. É legal, mas o valor é muito alto pro meu bolso e como acho o Zen (que é mais barato) delicioso, fico com o Zen.

Minha nota: 7

Faixa de preço: faz muuuito tempo que fui, não lembro.

Pra quem gosta de temaki tem um monte espalhado pela cidade. É a nova febre! O que eu costumava frequentar e que tem um preço bem interessante é o CuboMaki. O lugar é simples e modesto, mas a comida é boa! Pra quem é turista e se hospeda em Boa Viagem é legal porque é pertinho, no Pina. O de camarão empanado com salmão é divino!

Minha nota: 8

Faixa de preço: 13,00 reais um temaki.

Frutos do Mar

Guaiamun Gigante é, com certeza, um lugar que tem tudo que é de fruto do mar e com o melhor custo-benefício (comida muito gostosa com o preço não tão alto). Tem 2 unidades: uma na zona norte e outra na zona sul, ali na Av. Boa Viagem. A comida é muuito boa.

Minha nota: 10

Faixa de preço: difícil dizer porque eles servem muita coisa lá, mas vamos dizer que vai de uns R$ 6,00 pela casquinha de caranguejo até uns R$ 90,00 por uma muqueca.

Bargaço fica na Bacia do Pina, com uma bela vista do rio e do Clube Cabanga. Seria o mais requintado da lista de frutos do mar, então prepare o bolso para algo um tantinho mais salgado.

Minha nota: 8

Faixa de preço: só estive lá 1 vez, ma acho que vai na casa dos R$ 60,00 por pessoa.

Já o Biruta tem uma linda vista pro mar e é perfeito para ir à 2. Tem a lua, o mar, você e seu amor, ai, ai… Os preços são um pouco salgados, mas vale à pena pra turista, porque o lugar é super aconchegante. Não é muito simples de chegar, mas qualquer táxi pode te deixar lá na frente (ônibus não recomendado, viu?! Nem pensar!). Fica no Pina, coladinho em Boa Viagem.

Minha nota: 9

Faixa de preço: R$50,00 por pessoa se for comer mesmo. Se for só petiscar, dá um pouco menos.

Casa de Banhos. E ponto. Dispenso apresentações. O lugar é suuuper turístico e até já apareceu aqui no blog: Casa de Banhos: frutos do mar sob uma bela vista. A pedida é ir lá de dia. Diferente do Biruta, que é mais pra noite.

Minha nota: 9

Faixa de preço: R$ 40,00 por pessoa.

vista casa de banhos

A Casa de Banhos tem a vista imbatível! Foto: naViagemcomCamila.

O Camarada tem como especialidade o camarão. Embora haja outras opções, a pedida é apostar na vedete da casa. Tem todo tipo de camarão e todos são super deliciosos. Também tem filiais na zona norte e sul.

Minha nota: 10

Faixa de preço: tem de todo preço, mas um prato para 1 pessoa está na casa dos R$ 40,00.

Cozinha contemporânea

Fiz essa categoria para aqueles restaurantes mais sofisticados (leia-se: mais caros) que servem umas comidas de todo jeito, menos típica da região. É aquele lugar para os paladares mais apurados, sacou?

Ça Va é o meu favoritíssimo! Preço não tão astronômico e comida deliciosa. Tem um tal de um salmão com molho de tangerina que é de comer rezando. E não esqueça de pedir de sobremesa um mix de 3 petit-gateau: 3 bolinhos com recheio de goiabada, doce de leite e chocolate. É ótimo! Ah, e tem uma limonada italiana que é muito gostosa também. Ok, sou fã de carteirinha, já notaram, né? Tá, mas eu não sou a única a indicar o lugar, ele sempre está na lista dos melhores da cidade.

Minha nota: 10!

Faixa de preço: um prato individual sai por uns R$50,00

Nez. Preço na faixa do Ça va, mas a comida não me agradou tanto assim. Não sei se foi o prato que escolhi, mas achei a apresentação do prato ruim e o gosto também. Meu noivo gostou e aprovou, então pode ser que você goste também, né? Vi uma adega bem recheada, recomendo tentar experimentar algo de lá. 😉

Minha nota: 6

Faixa de preço: prato individual por R$ 50,00.

O La Cuisine é um restaurante que faz de um tudo, mas não é tão caro assim. Massas, carnes, aves, frutos do mar, tudo tem. O preço dos pratos é super em conta, e fica bem na avenida Boa Viagem (a avenida à beira mar). O legal que é o lugar tem uma comida gostosa (sem nada de espetacular, mas bom) com o preço bem razoável.

Minha nota: 8

Faixa de preço: a partir de R$ 30,00.

Para quem gosta de carnes a pedida é o Tapa de Cuadril. A casa é relativamente nova e parece ser mais solicitada no almoço do que no jantar. Talvez porque a comida é mais pesada, cai melhor no almoço do que no jantar. Não sou muito fã de carnes, mas me pareceu ser bem gostoso tudo de lá. Se você quer rodízio de carnes não sugiro o Tapa de Cuadril, mas o Boi Preto ou o (acho esse melhor) Sal e Brasa

Minha nota: 8

Faixa de preço: R$ 60,00 por pessoa.

Em breve volto com mais comidinhas em Recife e arredores. Bon appetit!

E se você tem algum lugar que não falamos para indicar ou mesmo deixar suas impressões sobre qualquer dos lugares que falei, é só escrever na caixinha aí embaixo, tá? 😉

Anúncios

Uma resposta para “Guia de bares e restaurantes em Recife: japonês, frutos do mar e cozinha contemporânea.

  1. Pingback: Guia de Bares e Restaurantes em Recife: comida típica, massas, bares e lanchonetes. | naViagemcomCamila·

Que tal deixar sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s